Saber como consultar benefício INSS e a sua situação é algo essencial para todo mundo que já tem uma aposentadoria ou está em processo de obter esse ou outro benefício qualquer do INSS. Isso porque, sem a consulta constante, o beneficiário pode ficar meses sem resposta, sendo necessário intervenção jurídica para obter um retorno.

Atualmente, cerca de 1,4 milhões de pessoas estão na fila do INSS aguardando uma resposta do órgão em relação a um benefício ou aposentadoria. O prazo médio para a resposta do INSS tem sido de 135 dias, o triplo do tempo fixado em lei. Em alguns casos, não dá para esperar tanto tempo, pois as pessoas precisam do dinheiro para comprar remédios, especialmente em caso de auxílio-doença.

Portanto, é essencial saber como consultar a situação do benefício perante o INSS. Siga a leitura desse artigo, e entenda como fazer essa pesquisa!

Como consultar benefício INSS?

Milhares de pessoas costumam ir até uma agência do INSS para verificar a situação do pedido feito ao instituto. No entanto, isso não é necessário. 

É possível consultar o benefício INSS pela internet, usando o site ou aplicativo do Meu INSS. O procedimento é bem simples e pode ser feito com alguns passos bem rápidos. Veja quais são eles:

  1. Entre no Meu INSS;
  2. Faça login com as suas informações. Caso você não tenha conta, precisará se cadastrar no Meu INSS;
  3. Clique na opção “Meus Benefícios” no menu do site;
  4. A página “Meus Benefícios” exibirá todos os benefícios ativos no momento e também todos os pedidos que foram feitos. Clique no requerimento que você enviou ao INSS;
  5. Veja a situação do benefício na página aberta.

O benefício pedido ao INSS pode ter 3 situações diferentes. São elas:

  • Habilitado: o pedido está sendo analisado pelo INSS;
  • Deferido: o benefício foi aprovado e será concedido a quem pediu;
  • Indeferido: o benefício foi analisado e negado.

Caso o benefício tenha sido negado, há possibilidade de ver a justificativa no site. Isso poderá ajudar a preparar um recurso ou pedir novamente o benefício depois de corrigir o que estava errado inicialmente. Além disso, dará ao seu advogado a chance de entrar com um processo judicial, caso seja necessário.

Como ver a situação do benefício em um processo judicial?

Caso já tenha entrado com um processo judicial para receber o benefício que acredita ser do seu direito, você também poderá verificar o estado desse processo na internet.

Nesse caso, você precisará entrar no site da seção judiciária do seu Estado. Por exemplo, no caso de São Paulo, o site é este aqui. Assim que entrar na página, você provavelmente verá a opção de consulta processual logo no menu inicial. Basta clicar em “Varas Federais” e então inserir o número do seu processo. Caso você não lembre o número do processo, você pode tentar encontrá-lo pela busca avançada, usando dados como o nome do advogado ou o número de sua inscrição na OAB.

No caso de um pedido de recurso após decisão negativa do tribunal federal, você deverá consultá-lo no site do tribunal regional da sua área. São 5 regiões:

  • 1ª Região (Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Piauí, Mato Grosso, Tocantins, Rondônia, Roraima e Distrito Federal);
  • 2º Região (Espírito Santo e Rio de Janeiro);
  • 3ª Região (Mato Grosso do Sul e São Paulo);
  • 4ª Região (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul);
  • 5ª Região (Alagoas, Sergipe, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco).

Depois disso, o processo é igual ao citado anteriormente: coloque o número do processo de recurso no buscador da página ou o seu nome completo na busca avançada.

O que fazer se o INSS demorar demais para conceder o benefício?

Agora que você já sabe como consultar o benefício INSS e de que forma analisar a situação do seu pedido, pode ser que você veja que o seu pleito foi erroneamente rejeitado ou já ultrapassou o prazo que o instituto tem para apreciá-lo. Seja como for, uma opção interessante é contar com o apoio de um advogado previdenciário para ajudá-lo.

É claro que nenhum advogado no mundo pode garantir nada. No entanto, os profissionais da área conhecem o funcionamento do INSS e todas as regras internas, normas e prazos que o instituto tem de cumprir. Assim, eles sabem quais são as opções jurídicas para você obter o benefício que deseja ou, no mínimo, receber uma resposta do INSS dentro do prazo determinado em lei.

Se você quer a ajuda de um advogado previdenciário para analisar a situação do benefício que pediu e ver quais são as suas opções jurídicas, entre em contato com o nosso time e saiba como podemos ajudar!