Não importa a sua idade hoje, sua área de atuação ou seus rendimentos mensais: eventualmente você precisará se aposentar. No entanto, nem toda aposentadoria é igual. Para ter a melhor qualidade de vida possível quando finalmente parar de trabalhar, o melhor é fazer um bom planejamento previdenciário.

Não é segredo para ninguém que as regras previdenciárias são complexas. Existem muitos detalhes e exceções, o que faz com que seja bem difícil planejar o seu caminho para a aposentadoria sem uma ajuda (especialmente depois da Reforma da Previdência em 2019).

Por isso, se você quer garantir o melhor benefício possível para a sua aposentadoria, precisa começar o seu planejamento previdenciário hoje mesmo. Quer saber mais sobre o assunto? Então siga a leitura! 

O que é planejamento previdenciário?

O planejamento previdenciário é um estudo feito com base na carreira de um trabalhador contratado, profissional liberal ou empresário para mapear todas as possibilidades existentes para a sua aposentadoria. O objetivo, portanto, é identificar qual é o cenário mais vantajoso para essa pessoa, de modo a traçar estratégias para concretizá-lo.

Para entender melhor o que é o planejamento previdenciário, pense na sua aposentadoria como se ela fosse uma viagem de férias para o destino turístico dos seus sonhos. Para que a viagem seja agradável e não tenha problemas (ou seja, para que a sua aposentadoria seja confortável e abastada), é necessário pesquisar por roteiros, planejar o percurso, preparar documentos e montar um plano de economias para ter dinheiro para tudo isso.

O planejamento da aposentadoria é exatamente isso: entender qual é o seu contexto pessoal, quais as possibilidades no seu caminho e quais ações gerarão o melhor cenário possível quando você finalmente parar de trabalhar.

Para quem esse serviço é recomendado?

Um equívoco bem comum é acreditar que o planejamento previdenciário só é interessante para quem é trabalhador CLT ou para quem está próximo de se aposentar.

Na verdade, essa percepção não poderia estar mais errada, uma vez que esse tipo de serviço é útil para absolutamente todas as pessoas que, eventualmente, se aposentarão.

Você não precisa ser necessariamente um funcionário de empresa para usufruir dos benefícios do planejamento. Se você trabalha e tem planos de se aposentar, pode se beneficiar do serviço.

Ao mesmo tempo, não é necessário estar próximo da aposentadoria para começar a pensar nela. Pelo contrário: quanto mais cedo você se planejar, mais caminhos e possibilidades terá.

Portanto, podemos dizer que o planejamento previdenciário beneficia:

  • assalariados;
  • profissionais liberais;
  • empresários;
  • jovens;
  • adultos;
  • pessoas perto de se aposentar.

Quais os benefícios de planejar sua aposentadoria?

Se você ainda não se convenceu dos benefícios do planejamento previdenciário, veja abaixo algumas das vantagens de contar com esse tipo de apoio.

1. Evita erros no caminho para se aposentar

O processo previdenciário é um dos mais complexos na legislação brasileira. São muitos artigos, várias condições e um grande número de fatores a considerar sempre que alguém pretende se aposentar.

Some isso ao fato de que existem mudanças frequentes na legislação e você tem pessoas se aposentando com regras muito antigas, que pouca gente conhece. Para se ter uma ideia, nos últimos 30 anos nós passamos por 6 mudanças na legislação previdenciária. Quem tem 60 anos hoje, provavelmente começou a trabalhar em um cenário de aposentadoria radicalmente diferente do que existe.

Por isso, é natural que as pessoas cometam erros ao tentar fazer o processo de aposentadoria sozinhas. Elas podem esquecer documentos, preencher documentos errados ou simplesmente errar na aplicação de certos artigos da lei.

O planejamento ajuda a evitar isso ao estabelecer um caminho concreto para a aposentadoria, incluindo quais os documentos necessários e qual será o tipo de aposentadoria requisitada.

2. Garante o melhor benefício para você

A legislação previdenciária compreende diferentes tipos de aposentadorias para diferentes cenários. Por exemplo, quem sofre um acidente de trabalho e fica impossibilitado de exercer sua função pode se aposentar por invalidez.

Já quem trabalha em um ambiente de risco, pode solicitar uma aposentadoria especial. Quem não trabalha nesse contexto, fica com a aposentadoria normal.

Além desses exemplos, existem outras variações que modificam o valor que a pessoa poderá ganhar quando se aposentar.

Um dos principais benefícios do planejamento previdenciário é mapear todas essas possibilidades para cada caso e apresentar qual é o cenário mais vantajoso (além de traçar um plano para conquistar esse objetivo).

3. Evita prejuízos financeiros

Você sabia que existe um teto previdenciário? Pois é, existe um limite máximo que você pode ganhar de aposentadoria pelo INSS. Por isso, não adianta contribuir mensalmente com mais do que o suficiente para conceder esse teto, pois será dinheiro desperdiçado.

Em vez de arcar com o prejuízo financeiro de contribuir com mais do que o necessário, o ideal seria direcionar esse valor para outras fontes de renda na aposentadoria, como um plano privado, por exemplo. O planejamento pode ajudar a identificar essas oportunidades.

4. Apresenta alternativas que você não conhecia

Um dos benefícios do planejamento previdenciário é que ele é feito por um profissional especializado na área, ou seja, um advogado previdenciário que entende todos os cenários da legislação e pode apresentar alternativas que você nem sabia que existiam (por exemplo, você sabia que dá para pagar INSS retroativo?).

Por causa disso, o leque de possibilidades que você tem ao fazer o planejamento é muito maior do que você teria se resolvesse tudo sozinho. E quanto mais opções, melhor para os seus planos.

E aí, convenceu-se da importância de fazer um planejamento previdenciário para ter a melhor aposentadoria possível para o seu contexto? Se sim, então entre em contato com a nossa equipe agora mesmo e saiba como podemos ajudar você a se aposentar com tranquilidade e conforto!